MEDICINA ORTOMOLECULAR

O que é a Medicina Ortomolecular?

A medicina ortomolecular é um tipo de terapêutica complementar que muitas vezes faz uso de suplementos nutricionais e alimentos ricos em vitaminas, como a vitamina C ou vitamina E, para reduzir a quantidade de radicais livres no organismo, evitando que o corpo esteja num processo constante de inflamação e evitando o surgimento de algumas doenças comuns do envelhecimento, como artrite, cataratas ou até câncer. Além disso, como funciona principalmente pelo uso de antioxidantes, a medicina ortomolecular também pode melhorar o aspeto da pele, melhorando a elasticidade e disfarçando marcas do envelhecimento, como rugas e manchas escuras, por exemplo.

Como funciona?

A medicina ortomolecular funciona por eliminar o excesso de radicais livres que estão no corpo. Os radicais livres são moléculas muito reativas que conseguem afetar as células saudáveis e que, embora sejam um resultado normal do funcionamento corporal, geralmente precisam ser mantidos em baixas quantidades para não causar danos à saúde. Assim, quando a quantidade desses radicais é muito elevada, especialmente devido a hábitos de vida pouco saudáveis como o uso de cigarro, consumo de bebidas alcoólicas, uso excessivo de medicamentos ou até exposição solar prolongada, podem acontecer danos nas células saudáveis, provocando um processo de inflamação constante que favorece o surgimento de doenças como:

-->-->-->-->-->

* Artrite

* Aterosclerose

* Cataratas

* Alzheimer

* Parkinson

* Câncer

Além disso, o envelhecimento precoce da pele também é afetado pelo excesso de radicais livres no corpo, sendo a medicina ortomolecular uma boa terapia para melhorar a saúde da pele, especialmente em fumantes.

E porque ajuda no emagrecimento?

A inflamação crônica causada pela presença excessiva de radicais livres pode prejudicar a perda de peso em pessoas que estão fazendo dieta para emagrecer, pois as células ficam inchadas e não conseguem funcionar normalmente, favorecendo o acúmulo de líquidos por todo o corpo. Além de que, fazer uma dieta ortomolecular antioxidante geralmente inclui o uso preferencial de legumes e frutas, que possuem menos calorias e, por isso, contribuem para o emagrecimento. Este tipo de dieta pode ser muitas vezes associado à alimentação mediterrânea, já que segue os mesmos princípios para manter a saúde e emagrecer.

Como fazer a dieta Ortomolecular?

Na dieta da medicina ortomolecular o segredo está em desintoxicar o organismo. Nesta dieta nada está proibido, mas algumas coisas devem ser evitadas como comer alimentos muitos condimentados, industrializados, gordurosos e beber bastante água.

* Preferir alimentos naturais, como frutas e legumes

* Não comer fritos, não beber refrigerantes e evitar bebidas alcoólicas

* Comer mais fibras, através da ingestão de vegetais crus em todas as refeições

* Evitar a carne vermelha, e embutidos

* Tomar 3g ômega 3 diariamente

* Cozinhar em panelas de barro, evitando o alumínio, para diminuir o risco de câncer.

Segundo as orientações de médicos ortomoleculares, o ideal é que se atinja o peso ideal, comendo melhor e praticando atividade física. Comer em fast foods e ter uma vida estressante e sedentária agravam o problema e deixam o organismo muito intoxicado.

1
Olá!
Você Precisa De Ajuda? Vamos conversar pelo WhatsApp?
Powered by